..:: Seja Solidário! ::..

Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.

Feliz Ano Novo! Gandhi



"Sê a mudança que queres ver no Mundo."

(Gandhi)

Clarice Lispector


"Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu também sou o escuro da noite."

Clarice Lispector

Amor Incondicional



Há doze anos a notícia de uma doença incurável e degenerativa mudou totalmente a vida de um engenheiro de Curitiba. Para salvar o filho, ele deixou a profissão, fez dívidas e até aprendeu medicina. Tudo para conseguir o que parecia impossível

Esta matéria foi exibida no Via Legal 392 em 11/03/2010


http://daleth.cjf.jus.br/vialegal/materia.asp?CodMateria=1478


Não deixem se assiti-la, até o fim, pois além de ser uma grande lição de vida, nos renova a fé no ser humano e nos demonstra que muitas vezes o Direito e a Justiça podem andar juntos, basta um pouco de boa vontade e mente aberta do julgador.

Congratulações ao TRF4! Que façam escola!

Quem me conhece sabe que não costumo me ligar muito em futebol. Na realidade, nem mesmo assisto os jogos da Seleção Brasileiram seja por nervosismo, ou sei lá....
Mas se tem um time que sempre fez meu coração bater mais forte é o Fluminense.
Assisti parte do segundo tempo do jogo de hoje e o coração batia descompassado, as mãos tremiam, mas quando o árbitro finalmente ergueu o braço e apitou o fim do jogo, gritei É CAMPEÃO do fundo da minha alma...fazia tempo que não soltava um grito de felicidade, alívio, sei lá...
Talvez a descrição mais próxima da sensação que senti foi como se a rolha de um champanhe explodisse após a garrafa ter sido muito agitada....transbordou...
Quem ler isso pode achar que estou louca ou exagerando, mas só eu sei o momento que estou vivenciando e o quanto essa explosão foi importante para mim...
Parabéns a mim e a todos os tricolores!

SuperAção

Se dividirmos a palavra superação, ela se transformará em super/ação, ou seja, muitas vezes para conseguirmos ultrapassar alguns obstáculos, precisamos praticar ações que normalmente ultrapassam os limites da normalidade do nosso cotidiano.
Segundo o dicionário Michaelis, a palavra Super - pref (lat super) exprime a idéia de superioridade. Já Ação -sf (lat actione) 1 Resultado de uma força física ou moral. 2Ato, feito, obra. 3 Faculdade ou possibilidade de executar alguma coisa. 4 Modo de proceder. 5 Atividade, energia, movimento. 6 Gram O que alguns verbos exprimem na oração.
Superar limites físicos, emocionais, psicológicos, inicia-se sempre numa conversa (nem sempre tão amistosa) consigo mesmo.
Este é o meu momento. Estou no meu conflito interior, buscando o meu norte, buscando renascer. Só que, assim como o restante da natureza, também tenho o meu tempo. Se colher antes, o fruto não será saboroso, se posterior, estará passado.
Só eu sei como é doloroso vivenciar cada segundo...
Para finalizar, transcrevo uma oração Celta que espero seja derramada sobre mim.

"Que atendas ao teu anseio de ser livre.
Que as molduras da tua integração sejam suficientemente amplas para os sonhos da tua alma.
Que te levantes todos os dias com uma voz de bênção murmurando em teu coração que algo de bom te vai acontecer.
Que encontres uma harmonia entre a tua alma e a tua vida.
Que a mansão da tua alma nunca se torne um local assombrado.
Que reconheças o anseio eterno que vive no cerne do tempo.
Que haja benevolência no teu olhar quando contemplares o teu íntimo.
Que nunca coloques muros entre a luz e ti.
Que o teu anjo te liberte das prisões da culpa, medo, decepção e desespero.
Que permitas que a beleza espontânea do mundo invisível te recolha, cuide de ti e te inclua na integração."

Esquecimento, Falsidade e Afins


Vocês podem até pensar que as palavras aqui escritas são de rancor, chateação ou algo semelhante, mas eu até gosto de datas festivas, em especial meu aniversário, pois vemos e/ou (não) ouvimos aqueles que realmente nos querem bem. Hoje ouvi uma que disse que não foi ao churrasco porque teve uma crise de ansiedade (desde que a conheço nunca soube disso), ora, como diz o jargão popular: "me poupe"...rsrssrs
Agradeço de coração a todos aqueles que verdadeiramente lembraram de mim e se manifestaram por escrito, via fone ou mesmo através do pensamento, os demais, agradeço mais ainda nem terem lembrado, porque de esquecidos, falsos e afins, eu estou legal...

Reflexões de Aniversário


Reflexões de Aniversário


Amanhã ganho mais uma velinha no bolo, mas além da idade cronológica, o que isso realmente significa para mim?
Bom, já passei algumas situações na vida que considero que nasci de novo, portanto, quantos anos eu tenho afinal? Vai ser difícil responder....
O que importa é celebrar a vida e não a virada de mais um ano no meu calendário particular, não é mesmo?
Sendo assim, dou-me ao direito de dar Parabéns para mim, por tudo que sou e pelo que passei.
Que eu tenha a benção de receber o que for do meu merecimento, nem mais, nem menos.

Inferno Astral?

Alguns chamam de inferno astral, uma vez que meu aniversário está próximo, mas eu realmente me questiono a respeito...estou mais é achando que fui eu quem pregou Jesus na cruz...

This Ain't Goodbye - Train




This Ain't Goodbye


Train

You and I were friends from outer space
Afraid to let go
The only 2 who understood this place
And as far as we know
We were way before our time
As bold as we were blind
Just another perfect mistake
Another bridge to take
On the way of letting go,

This ain't goodbye
It is just the way love goes
When words aren't warm enough, to keep away the cold?
This ain't goodbye
It's not where our story ends
But I know you can't be mine, not the way you've always been
As long as we've got time
Then this ain't goodbye
Oh no, this ain't goodbye

We were stars up in the sunlit sky
No one else could see
Neither of us ever thought to ask why
It wasn't meant to be
Maybe we were way too high
To ever understand
Maybe we were victims of all the foolish plans
We began to devise

But this ain't goodbye
This is just the way love goes
When words aren't warm enough,to keep way the cold, oh no?
This ain't goodbye
It's not where our story ends
But I know you can't be mine
Just like the way you've always been
As long as we've got time,
This ain't goodbye,
Oh no, this ain't good bye, oh oh, oh no this ain't goodbye
This ain't goodbye
You and I were friends from outer space
Afraid to let go
The only two who understood this place
And as far as we know

This ain't goodbye
Oh no this ain't goodbye
This ain't goodbye oh no this ain't goodbye
This ain't goodbye
It's just the way love goes
When words aren't warm enough,to keep away the cold, oh no?
This ain't goodbye
This isn't where the story ends
But I know you can't be mine
Not the way you've always been
This ain't goodbye

Isto Não É Um Adeus


Train (tradução)

Você e eu fomos amigos do espaço sideral
Com medo de deixar partir
Os dois únicos que entenderam este lugar
E tanto quanto sabemos
Estávamos meio antes do nosso tempo
Tão ousado quanto estávamos cegos
Apenas outro erro perfeito
Outra ponte a tomar
Na maneira de deixar partir,

Isto não é um adeus
É apenas a maneira que o amor continua
Quando as palavras não aquecem o suficiente, para afastar o frio?
Isto não é um adeus
Não é onde nossa história termina
Mas eu sei que você não pode ser minha, não do jeito que sempre foi
Enquanto tivermos tempo
Então isso não é um adeus
Oh não, isso não é um adeus

Erámos estrelas no céu iluminado
Ninguém mais podia ver
Nenhum de nós pensou em perguntar por que
Não era para ser
Talvez estivéssemos muito alto
Para entender cada vez
Talvez fomos vítimas de todos os planos de tolo
Nós começamos a planejar

Mas este não é um adeus
Este é apenas o caminho do amor vai
Quando as palavras não são quentes o bastante, para manterem-se frias, oh não?
Isto não é um adeus
Não é onde a nossa história termina
Mas eu sei que você não pode ser meu
Assim como o jeito que você sempre foi
Enquanto o tempo que temos,
Isto não é um adeus,
Oh não, isso não é bom adeus, oh, oh, oh não, isto não é um adeus
Isto não é um adeus
Você e eu fomos amigos do espaço sideral
Com medo de deixar ir
Os dois únicos que compreenderam este lugar
E tanto quanto sabemos

Isto não é um adeus
Oh não, isto não é um adeus
Isto não é um adeus, oh não, isto não é um adeus
Isto não é um adeus
É apenas a forma como o amor continua
Quando as palavras não aquecem o suficiente, para afastar o frio, oh não?
Isto não é um adeus
Este não é o fim da história
Mas eu sei que você não pode ser meu
Do jeito que você sempre foi
Isto não é um adeus



video

Wherever You Will Go




Wherever You Will Go


The Calling

So lately, been wondering
Who will be there to take my place
When I'm gone you'll need love to light the shadows on your face
If a great wave shall fall and fall upon us all
Then between the sand and stone, could you make it on your own

If I could, then I would
I'll go wherever you will go
Way up high or down low,
I'll go wherever you will go

And maybe, I'll find out
A way to make it back someday
To watch you, to guide you, through the darkest of your days
If a great wave shall fall and fall upon us all
Then I hope there's someone out there
Who can bring me back to you

If I could, then I would
I'll go wherever you will go
Way up high or down low
I'll go wherever you will go

Run away with my heart
Run away with my hope
Run away with my love

I know now, just quite how
My life and love might still go on
In your heart and your mind,
I'll stay with you for all of time

If I could, then I would
I'll go wherever you will go
Way up high or down low
I'll go wherever you will go

If I could turn back time
I'll go wherever you will go
If I could make you mine
I'll go wherever you will go (x2)

Onde Quer Que Você Vá


Tha Calling (tradução)

Ultimamente, tenho pensado
Quem estará lá para tomar meu lugar
Quando eu for você precisará de amor para iluminar as sombras do seu rosto
Se uma onda enorme caísse e caísse sobre todos nós
Então entre areia e pedras, você poderia fazer isso do seu modo

Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Lá em cima ou lá embaixo,
Eu iria para onde você for

E talvez, eu descobrirei
Uma maneira de voltar algum dia
Para observá-la, para guiá-la, através do mais escuro dos seus dias
Se uma onda enorme caísse e caísse sobre todos nós
Então eu desejaria que houvesse alguém
Que me trouxesse volta para você

Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Lá em cima ou lá embaixo
Eu iria para onde você for

Fuja com o meu coração
Fuja com a minha esperança
Fuja com o meu amor

Eu sei agora, apenas o suficiente
Minha vida e amor têm que continuar
No seu coração e na sua mente,
Eu estarei com você o tempo todo

Se eu pudesse, então eu iria
Eu iria para onde você for
Lá em cima ou lá embaixo
Eu iria para onde você for

Se eu pudesse fazer o tempo voltar
Eu iria para onde você for
Se eu pudesse fazer você minha
Eu iria para onde você for (2x)
video

Em Busca do meu Caminho


Aprendi que preciso respeitar os ditames do meu corpo e da minha mente, pois até posso ultrapassar meus limites algumas vezes, mas com essa recorrente prática, ambos me imporão o limite que tanto ouso em não observar.
Estou em crise.
Meu corpo está me impondo limitações fisicas para uma grande parte das atividades que eu desenvolvia no meu cotidiano e isso, somada às agressões psicológicas que nossas vidas (pessoal, trabalho) nos impõem fez com que eu pecisasse de ajuda especializada para transpor e espero vencer a atual fase e (re) encontrar o meu caminho.
Não estou morta, mas entrei em hibernação.

Como Ser Uma Pessoa Tranqüila

A postagem de hoje, ousei copiar do site do Marcelino Tomkowsky, psicólogo clínico e psicoterapeuta. Achei interessante e gostaria de dividir com vocês...vale a reflexão...espero que lhes seja útil...


A capacidade de estar e permanecer tranqüilo nos dias atuais exige do ser humano uma difícil tarefa na direção da paz interior. Atualmente, muitas pessoas buscam a tranqüilidade, onde o equilíbrio mental e a paz de espírito tornam-se ferramentas para enfrentar o estresse das grandes cidades.

A agitação, a competitividade e o decorrente estresse, são inimigos em comum que afetam a todos que convivem em um espaço urbano de considerável movimentação.
Este movimento torna-se muitas vezes imperceptível e, quando nos damos conta, estamos envolvidos num "turbilhão" de informações e atividades que ao agirem sobre a nossa mente desatenta nos desarmonizam.

Uma vez envolvidos nesse complexo, a mente fica agitada e, se a mente mantém um ritmo agitado, o corpo o acompanha, resultando dessa incorporação de nível inconsciente: insônia, dores generalizadas pelo corpo, fadiga física e mental, entre outras somatizações.

Estar tranqüilo não significa ser um indivíduo desligado, no entanto, a prática da auto-disciplina não pode faltar na busca da qualidade de vida através de um melhor nível de auto-conhecimento.

Nesse sentido, a busca por terapias, técnicas de meditação, respiração entre outras, são opções seguras de se atingir um estado de equilíbrio, sem prejuízo à vida ativa na sociedade moderna.

Quando nos encontramos com a mente limpa e vigilante em relação aos nossos atos e pensamentos, não nos deixamos envolver em situações que possam nos desarmonizar.

Se buscarmos conscientemente a tranqüilidade, precisamos perseverar então na auto-observação. A reforma de paradigmas exige-nos gradual mudança de pensamentos e atitudes em relação à vida, aos outros e a nós mesmos.

Não se deixar envolver por pensamentos negativos é o primeiro passo para quem deseja alterar a sua própria vida, mantendo-a estável e saudável. À medida que exercitamos essa filosofia de vida no cotidiano, damos impulso ao processo de mudança interior, e mudar é aceitar valores éticos, morais e pessoais como foco da caminhada ao encontro de seu verdadeiro eu.

O estado de equilíbrio requer uma mudança de atitude diante da vida. Atitude fundamentada no respeito a si mesmo ao semelhante, assim como a toda forma de vida que divide conosco.

Ser tranqüilo e ligado, mas ao mesmo tempo, "desligado" daquilo que não promove o crescimento humano, e estar no comando de si mesmo, com os pés no chão, mas com a mente direcionada para o todo e também perseguir a melhor qualidade de vida.

Enfim, ser tranqüilo é não sentir-se superior nem inferior a ninguém, mas em paz com a sua consciência e com a certeza de que vale à pena continuar sendo um eterno aprendiz e tentar sempre melhorar.

Cada pessoa tem sua natureza, portanto busque ser você mesmo e verá como tudo se transforma ao seu redor.


A vida é feita de escolhas



Muitas vezes encontramos em algumas poesias ou até mesmo frases algo que nos toca a alma.
Encontrei num trecho de O Monge e o Executivo uma frase que adotei para todos os meus dias:
" A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS.."

Consciente ou inconscientemente fazemos escolhas e o resultado dessas decisões cedo ou tarde aparece nas nossas vidas e nos perguntamos o porquê das coisas..simples...
Pensem nisso...

Metade

Annie Santos

Metade

Oswaldo Montenegro

Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo em que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe seja linda, ainda que tristeza.
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada, mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor.
Apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos.
Porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corrói por dentro seja um dia recompensada.

Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso que eu me lembro de ter dado na infância

Porque metade de mim é a lembrança do que fui, mas a outra metade eu não sei...

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria para me fazer aquietar o espírito.
E que o teu silêncio me fale cada vez mais.
Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba.
E que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade para fazê-la florescer.
Porque metade de mim é a platéia e a outra metade, a canção.

E que minha loucura seja perdoada.

Porque metade de mim é amor e a outra metade... também.


video

A Mi Manera - Gipsy Kings



video

A Mi Manera (Comme D'habitude)



Yo se que no vendrás
Por eso ya
Tanto la olvido
Dejar un nuevo amor
Tanto mejor
Ay como el mio
Dejar y la vive
Ay este mundo de tristeza
Dejar y la vive
Ay mi manera

Yo quiero ser
Hay nada más
Prefieraré
Y recordar
Un nuevo amor
Tanto mejor
Quisiera olvidar
Tanto la dejar
Quisiera vivir
Hay nada mas
O sí my way
(2x)

Lo li lo li
O sí my way
(2x)
_________

Da Minha Maneira (Como Sempre)

Eu sei que não virás
Então agora
Tanto o esquecimento
Deixar um novo amor
Tão melhor
Como o meu
Deixar e viver
Ai, este mundo de tristeza
Deixar e viver
Da minha maneira

Eu quero ser
Não há nada mais
Preferirei
Recordar
Um novo amor
Tão melhor
Gostaria de esquecer
ou deixar
Gostaria de viver
Não há nada mais
Ou a minha maneira
(2x)

Eu li, eu lia
Ou a minha maneira
(2x)

A Mi Manera


A Mi Manera

(versão Diego Torres)

Estoy mirando atrás
y puedo ver mi vida entera,
y sé que estoy en paz
pues la viví a mi manera.

Crecí sin derrochar
logré alcanzar todo lo bueno,
también lo malo ví
a mi manera.

Dolor lo conocí
más recibí compensaciones,
seguí sin vacilar
logré vencer las decepciones.

Mi plan jamás fallo
y me mostró la vida entera,
y más, mil cosas más
a mi manera.

Y ese fuí yo que al elegir
mi profesión quise arriesgar
y demostrar que sé luchar
que puedo dar mil cosas más
sin vacilar mi vida doy
a mi manera.

Lloré mucho sufrí
cuando al amor creí olvidado,
mas tiempo no perdí
recuperé mi fé perdida.

La fé más fé me dió
y superé los malos tragos,
también vencí al dolor
a mi manera.

Y ahora que empiezo a recordar
sé valorar lo que gané
quiero sentir todo el calor
que puede dar la humanidad
quiero vivir todo mi amor
a mi manera.


Quiero sentir todo el calor
que puede dar la humanidad
quiero vivir todo mi amor
a mi manera.

A Mi Manera (tradução)
(Diego Torres)

Estou olhando atrás,
E posso ver minha vida inteira,
E sei que estou em paz,
Pois a vivi a minha maneira.

Cresci sem derrotar,
Consegui alcança tudo de bom,
Também ví o mal,
A minha maneira.

Dor conheci,
Mas recebi compensações,
Segui sem vacilar,
Consegui vencer as decepções.

Meu plano jamais falhou,
E me mostrou a vida inteira,
e mais, mil coisas mais,
A minha maneira.

E esse fui eu,
que ao escolher minha profissão,
Quis arriscar,
e demonstrar que sei lutar,
que posso dar mil coisas mais.
Sem vacilar, minha vida dou
A minha maneira.

Chorei muito,
Sofri quando pelo amor me acreditei esquecido,
Mas tempo não perdi,
Recuperei minha fé perdida.

A fé, mais fé me deu,
E superei os maus infortúnios,
Também venci a dor,
A minha maneira.

E agora que começo a recordar,
Sei valorizar o que ganhei.
Quero sentir todo o calor,
Que pode dar a humanidade,
Quero viver todo meu amor
A minha maneira.

Quero sentir todo o calor,
Que pode dar a humanidade,
Quero viver todo meu amor
A minha maneira

Carta a Mim Mesma


Esta semana recebi um desafio de escrever uma carta a mim mesma.
Interessante, desafiadora, certamente, mas ao mesmo tempo intrigante, pois pode (e vai) mexer com tanta coisa que está no arquivo morto..será que vale a pena?
Na verdade não sei, mas vou tentar me desnudar para mim...acho que nunca fiz isso assim...não sei como começar, o que falar, o que (e se) calar, vou apenas abrir o coração e deixar a alma fluir...

Provérbio Zen

postal18.jpg

O Outro Lado da Mesma Moeda


Hoje fui fazer uma audiência e me deparei com uma parte ré tão contraditória, quanto faltosa com a verdade. Cara de coitada, sofredora, mártir do mundo - dentro da sala de audiências; fora, sorridente, olhar brilhante e ardiloso...
Quando necessitada, era humilde e compreensiva, aliás, colaborava com tudo para o melhor andamento dos feitos...
De repente, o coração bateu mais forte, superou a razão e embaralhou tudo...agora vamos esperar e ver no que vai dar...
Como já a conhecia de outras ocasiões, prefiro não expor toda a minha impressão, mas inventar e aumentar é o ápice....

Por aí...


Tenho andado sumida da blogsfera por conta de uma tenosinuvite que arrasa com meus dias.
Estou tirando licença do trabalho e os dias que antecedem a isso me deixaram bastante ansiosa e preocupada, afinal, tudo é novidade para mim e depois eu penso: será que a lei será devidamente cumprida?

Vou parar por aqui, pois fui até onde a dor deixou.

Bjs

Pena de Morte para o Nascituro


Pena de Morte para o Nascituro

Ives Gandra da Silva Martins


Todos os seres humanos são seres humanos desde a concepção. Nesse momento, todos os seus componentes biológicos e psicológicos estão formados, tendo os defensores do aborto, desde a concepção, seu perfil atual delineado. A tese conveniente de que o ser humano só o seria após três meses não se sustenta, visto que ninguém foi animal irracional entre a concepção e os primeiros três meses, para depois se tornar um ser humano. É ser humano desde a concepção.

Dessa forma, o denominado aborto legal - que desde 1988 não é mais legal - nada mais é do que uma pena de morte imposta ao ser humano quando ainda vive no ventre materno.

O que me tem impressionado é que a maior parte dos que defendem essa prática foi contrária à pena de morte. São favoráveis à pena de morte imposta ao ser humano inocente que vive no ventre materno e contrários à pena de morte para o criminoso culpado, que pode ter sido um assassino inveterado.

Em outras palavras, muitos dos abortistas são contrários à pena de morte aplicável aos estupradores, que são criminosos hediondos, mas são favoráveis à pena de morte aplicável aos inocentes gerados no estupro, o que, no mínimo, é de uma macabra incoerência.

Pessoalmente, entendo que o homem não tem o direito de tirar a vida de ninguém, seja pela pena de morte, seja pelo aborto, seja pela eutanásia.

Não quero, todavia, apenas esgrimir argumentos racionais com aqueles que, por oportunismo e conveniência, não querem encarar o fato de que são defensores de um homicídio uterino de inocentes, genocidas que pretendem legalizar a morte dos nascituros, como Hitler fazia com o sofrido povo judeu.

O que pretendo deixar claro é que não há mais aborto legal no País. A lei penal, que permitia o aborto em duas hipóteses (estupro e perigo de vida para a mãe), não foi recepcionada pela Constituição de 1988.

Com efeito, a Lei Suprema anterior não protegia o próprio direito à vida. Determinava que apenas os "direitos concernentes à vida" deveriam ser garantidos pelo Estado, admitindo, portanto, exceções.

O texto atual não oferta equívocos. O próprio "direito à Vida" é que está assegurado, de tal maneira que os chamados abortos legais deixaram de ser legais por serem "inconstitucionais", visto que implicam "pena de morte" para um ser humano, e o direito à vida de todos os seres humanos está garantido pela Constituição.

Está o artigo 5º, caput, da Constituição federal, assim redigido: "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:..."(grifos meus).

Não há, portanto, nenhuma dúvida de que o próprio direito à vida é garantido, mas, mais do que isso, é considerado princípio fundamental do direito constitucional pátrio.

À evidência, no caso de perigo de vida da mãe, hipótese cada vez mais rara em face da evolução da medicina, se pode apresentar o dilema de que, todavia, perante situação em que é absolutamente impossível salvar os dois, a salvação da mãe decorre do fato de que sua morte implicaria, de qualquer forma, a morte da criança.

Lembro-me do debate que tive com o amigo Adib Jatene, na Câmara dos Deputados, em que confessou que só lá estava porque sua mãe, aconselhada pelo médico a abortá-lo, visto que corria perigo por ser hipertensa (e a medicina na época era pouco evoluída), se negara a abortar e, graças ao gesto heróico de seus pais, lá estava ele, contribuindo para o bem do País.

Ora, se as hipóteses de risco são cada vez mais raras e no estupro não há risco para a mãe, em face da Constituição brasileira, o ser humano que vive no ventre materno não pode ser condenado à morte por lei ordinária, a meu ver, manifestamente inconstitucional.

Causou-me, pois, espécie a afirmação do eminente presidente da Suprema Corte e notável constitucionalista, que, ao defender a pena de morte para o nascituro, não considerou a clara, inequívoca, meridiana garantia da Constituição federal ao direito à vida esculpida no caput do artigo 5º da Lei Suprema, como princípio fundamental.

Não sei se sua opinião é compartilhada pelos demais preclaros julgadores do pretório excelso, que se mantiveram silenciosos sobre a matéria, até porque, podendo ter de decidir sobre eventual ação direta de inconstitucionalidade, preferiam não antecipar seu voto até ouvir todos os argumentos jurídicos pertinentes.

Tenho para mim que o homicídio uterino, sobre ser inconstitucional, abre espaços para a eutanásia e outras formas de "purificação" da raça, a pretexto de afastar aqueles seres doentes ou "improdutivos" que oneram uma sociedade cada vez mais egoísta e não solidária.

Para mim, o aborto é homicídio. É assassinato. E não há argumentos, por mais dolorosos que sejam - como no estupro em que o drama sofrido pela mulher é enorme -, que justifiquem, por essa razão, a morte de um inocente.

E, principalmente, não aceito os argumentos dos abortistas, que só podem defender a pena de morte para os nascituros porque a mãe deles não praticou com eles o que eles pretendem aplicar a outros seres humanos.


Ives Gandra da Silva Martins - O Estado de São Paulo - 19/09/1997

Professor emérito das Universidades Mackenzie e Paulista e da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército. Presidente da Academia Internacional de Direito e Economia e do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação do Comércio do Estado de São Paulo.
Vice-presidente da PROVIDAFAMÍLIA

Estradas




Estradas

(Paulo Roberto Gaefke)

Somos viajantes do tempo,
dentro de uma vida situada em algum ponto
entre o nascer e o infinito,
somos atores em papéis diferentes,
cada um com suas dificuldades, lutas e desafios.

Somos centelha Divina, faíscas de um Ser Superior
tentando achar uma saída para nossas angústias,
somos simples e complicados ao mesmo tempo,
dóceis com os amigos e ferozes quando provocados,
somos capazes de atos maravilhosos quando amamos,
e terríveis quando o ódio domina nossos sentidos.

Em um momento calmaria, noutro explosão,
queremos a paz e nos alistamos para a guerra,
somos contra a violência,
e votamos sim para às armas.

Nos apaixonamos e nos casamos,
brigamos e separamos, ficamos inquietos,
somos inquietos.
Quem ontem era o nosso doce, azedou,
quem era a nossa razão, se perdeu,
e nós mesmos, perdidos,
não sabemos o que queremos.

Por isso, nossa maior missão é nos conhecermos de verdade,
descobrir quem somos e o que pode preencher a nossa alma.

Para sermos verdadeiramente felizes,
precisamos afirmar ao espelho: eu me aceito como sou,
não sou melhor, nem pior que antes, estou no caminho,
por onde passar, quero deixar saudades,
amigos, flores e um desejo sincero de retornar.

Aprendi que sou parte da estrada de muita gente,
por isso, quero estar sempre pronto,
para, se preciso for, sempre recomeçar,
porque estou no caminho e preciso amar...